Violeta

Violeta – Oito negras patas

A partir de um relato ficcional criado por Monique Revillion tendo como base o bilhete de suicídio deixado por Violeta Parra, o texto da canção descreve pensamentos e falas imaginados como da compositora, que poderiam ter sido seus, mas que foram pensados com a liberdade intencional e poética da criação.

A partir disto, as vozes são trabalhadas a partir de várias gravações sobrepostas e processadas, criando um universo onde a voz real e seus duplos, os sons que vem de diferentes pontos do ambiente, transitam entre as possibilidades sonoras e semânticas, apontando para a tênue linha que separa o discurso tido com verdadeiro e os relatos construídos.

A canção é parte do CD Lusque fusque, de Isabel Nogueira e Luciano Zanatta, que será lançado em janeiro de 2016.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *