História Iconográfica | RESUMO

Release:

A história do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, antigo Conservatório da cidade de Pelotas, se confunde com a própria história da música na cidade. Além do ensino da música, esta instituição, a exemplo de outras do mesmo gênero no país, tomou para si a tarefa da promoção e organização de concertos que se realizavam na cidade, tanto dos alunos da escola como de artistas convidados.
Instituição de extrema relevância para a cultura da cidade de Pelotas, o Conservatório de Música da UFPel tem também papel significativo na história do Rio Grande do Sul, papel este que foi reconhecido através da concessão, em 2004, do título de “Patrimônio Cultural do Estado”, através do Projeto de Lei do Deputado Estadual Bernardo de Souza aprovado pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.
Esta história está conservada pelos documentos que existem no Centro de Documentação Musical do Conservatório de Música, e dentre eles, muito especialmente pelas imagens dos concertos aqui realizados, e dos alunos e professores que passaram por esta casa de ensino.
O projeto História Iconográfica do Conservatório de Música da UFPel pretende resgatar esta história que aí se conserva através da preparação de um livro, onde as imagens sejam apresentadas em destaque, contextualizadas pelas informações históricas necessárias para seu entendimento, concretizando um retorno para a sociedade da trajetória de sua escola de música.
Nas palavras da musicóloga, professora e pesquisadora da UFRGS, Maria Elizabeth Lucas, “é inegável, portanto, a importância de se dar a conhecer o acervo histórico-documental do Conservatório de Música da UFPel em seus múltiplos aspectos e incentivar alternativas de sua utilização não para a constituição de um discurso laudatório e de auto-glorificação, mas sim para dinamizar a construção de várias histórias que nos levem a interpretar os significados dos jogos de inclusões e exclusões sociomusicais que se processaram no âmbito dessa e de outras instituições no Brasil cujos efeitos ainda se fazem sentir na contemporaneidade”.

Concepção e organização do livro: Isabel Nogueira
Patrocínio: Khautz e Laboratório Multilab
Realização: Conservatorio de Música da Universidade Federal de Pelotas
Produção Executiva: ATO Produção Cultural
Diagramação e Direção de Arte: Insight
Financiamento: Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio Grande do Sul

SUMÁRIO DO LIVRO HISTÓRIA ICONOGRÁFICA DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DA UFPEL

APRESENTAÇÃO: Isabel Nogueira (UFPEL)

PREFÁCIO: Mário Osório Magalhães (UFPEL)
1. História e patrimônio de uma instituição musical: um projeto modernista no sul do Brasil?

Autor: Maria Elizabeth Lucas (UFRGS)

2. Entre Pelotas e Cachoeira do Sul.
Autor: Flávio Silva (FUNARTE, Rio de Janeiro)

3. A imagem como testemunho da História:a memória do Conservatório de Música na coleção de fotografias em preto-e-branco (1918–1969)

Autores: Fábio Vergara Cerqueira e Maria Augusta Martiarena de Oliveira (UFPEL)

4. HISTÓRIA DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DA UFPel
Autor: Isabel Nogueira. (UFPEL)

5. PROFESSORES E ALUNOS – ENSINO E ATIVIDADES ARTÍSTICAS
Autor: Isabel Nogueira (UFPEL)

6. Considerações sobre a trajetória artística musical do Conservatório de Música da UFPel
Autor: Marcelo Cazarré, Márcio de Souza e Patrícia Pereira Porto. (UFPEL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *